domingo, 2 de março de 2008

Brigadeiros para Mari

Mari é a formiga mais formiga que conheço, nunca vi alguém gostar tanto de doce assim. E não é qualquer doce não, tem que ser doce de enjoar!

Por isso mesmo no seu aniversário não podiam faltar casadinhos de colher, que são feitos de brigadeiro branco (a mesma receita de brigadeiro sem o chocolate) e brigadeiro comum, cobertos com confeitos de flocos de arroz e servidos em copinhos e colherinhas pequeninos e mimosos! Mas não se enganem, cada copinho desses, tem muito mais brigadeiro do que numa inocente bolinha!


Nesse post agradecimento mais do que especial a Namorado, que me ajudou muito, muito em todos os preparativos para a festa, me incentiva sempre, me diverte e faz a vida ser mais doce!

3 comentários:

Namorado disse...

O bom de você fazer dois tipos de brigadeiro é que você lambe duas panelas!!!

Namorado disse...

Não quero saber de agradecimentos no blog não... 60 COPINHOS! EU ENCHI OS 60 COPINHOS! Eu quero um busto numa praça importante!!!

Andei pensando num busto com um pão duro na mão raspando a panela de brigadeiro, mas lembrei que busto não tem braço...

Anônimo disse...

É lú...desse jeito não há dieta que vá para frente.
Esse copinho é uma esculhambação de bommmmm!!!!!!!Eu adoro brigadeiro de colher....e com dois sabores.....hum!! Perdão meu Deus pela gula....pois comer é um dos melhores prazeres do mundo...chocolate então...nem se fala.