terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Tapioca com queijo coalho

Aqui na Bahia chamam bejú (eu acho que é assim que se escreve), mas eu cresci chamando de tapioca então para mim é tapioca!

O fato é que hoje estive na Ceasa do Rio Vermelho, qualquer dia faço um post sobre aquele lugar, adoro!

Sim, voltando ao assunto, fui a Ceasa e pude comprar goma fresquinha.
Quando cheguei em casa meu Pai já estava peneirando a goma e hoje tivemos um jantar típico da minha infância; tapioca com queijo coalho!



Hoje não pilotei as panelas, mas a receita é simples.

Meu pai usou:
Goma (eu comprei goma molhada, se comprar da seca é só molhar um pouco)
Sal
Manteiga
Queijo Coalho


Ele fez assim:
Peneirou a goma, ajustou o sal e na frigideira anti-aderente quente fez uma "panqueca" com a goma. A goma fica soltinha mesmo, é com o calor que ela se une. Vira o lado e deixa cozinhar do outro lado, tira da frigideira e põe manteiga (com ela quentinha a manteiga derrete humm). Depois é só colocar as fatias de queijo para dourar na frigideira (não precisa nenhuma gordura também) e rechear as tapiocas.


Em tempo: sei que a tapioca não é nem de longe light como o sanduíche de ontem, mas é melhor que eu andava jantando!

2 comentários:

Namorado disse...

Pra comer sanduichinho light todo mundo me chama. Já pra comer uma iguaria dessas meu telefone num toca... Tô de mal!

Tati Lima disse...

Eu amo tapioca.....é muito bom!!!
Minha querida mãe manda essa tapioca já prontinha....é só levar ao fogo e inventar o recheio. Se não tiver nada....passe só manteiga que fica uma delícia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!