sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Filé do Fabrício

Desde que Fabrício me contou a receita de um filé que ele preparou, que a receita não me sai da cabeça.

Fabrício é um colega do trabalho que adora cozinhar para a esposa, eu nunca tinha conversado sobre culinária com ele e fiquei impressionada com seus conhecimentos técnicos.

Ele vai descrevendo a receita e você é capaz até de sentir o cheiro da comida!

Pois é, fiquei de água na boca com esse filé. Ele me passou a receita como Filé ao molho madeira da D. Fulana (não me lembro mais o nome dela), porém como a receita dele já tinha adaptações a seu modo, achei por bem homenageá-lo e batizar o filé de Fabrício!

Ontem também era dia dos namorados nos E.U.A. e não, eu não sou americana, mas queria uma boa desculpa para cozinhar para namorado e arrumei!
Namorado me inspira a cozinhar e me incentivou muito a fazer o meu blog. Ele merece!

Preparei o filé Fabrício, arroz com castanha de cajú e o que eu chamo de batatas coradas.



Seguem as receitas!

Filé Fabrício

Usei:
700 g de filé mignon limpo e cortado em iscas
100g de manteiga

1 xícara de champgnon fatiado (não usei)
1 dente de alho picado (não usei)
1 cebola média cortada à Juliana
1 colher (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de aceto balsâmico
1 colher (sopa) de molho shoyo
1 colher (sopa) de açúcar
1 tabletinho de caldo de carne
50 ml de conhaque (eu usei cachaça)
175 ml de vinho tinto suave
2 colheres (sopa) de creme de leite
sal e pimenta branca e cebolinha

Fiz assim:
Dourei o filé na manteiga, acrescentei a cachaça e flambei. Retirei o filé temperei com sal e pimenta branca e reservei. Na gordura da panela eu dourei a cebola (o alho e o champgnon se tivesse usado), depois a farinha. Sem parar de mexer acrescentei o aceto, o shoyo, o açúcar, o caldo e o vinho. Ajustei o sal e acrescentei o creme de leite. Deitei o molho sobre os filés reservados, salpiquei um pouco de cebolinha cortadinha e pronto!


Arroz com castanha de cajú

Usei:
2 xícaras de arroz cozido
1 colher (sopa) manteiga
1 dente de alho amassado
1 xícara de castanha de cajú triturada (eu triturei beeem grosseiramente)

Fiz assim:
Refoguei o alho na manteiga, acresentei as castanhas e deixei dourar um pouco. Depois misturei o arroz e deixei refogar mais um pouquinho.


Batatas coradas

Usei:
Batatas
Água e sal
Óleo para fritar

Fiz assim:
Cozinhei as batatas cortadas em pedaços médios na água e sal, escorri e fritei em óleo bem quente.

2 comentários:

Fabricio disse...

Obrigado pela deferência, espero que aproveite mais vezes.
Ass.:
Fabrício.

Namorado disse...

Fabrício, você é o cara! Comi até passar mal! Só não peguei um pão pra raspar a panela porque já não aguentava mais comer. DIVINO!