segunda-feira, 18 de agosto de 2008

O Prato que conquistou Namorado.

Claro que não foi só o prato que conquistou Namorado, a pessoa que vos fala é bonita, simpática, inteligente, bem humorada, além de muito modesta, claro!

A história é a seguinte: A gente saía há pouco tempo, eu já tinha ouvido Namorado dizer que viveria tranquilamente a base de strogonoff e mousse de chocolate. Um belo dia chamei Namorado para jantar lá em casa e adivinhem o que eu fiz?!

Strogonoff!

Na ocasião ele disse que o meu strogonoff era melhor que o da mãe dele (foi só para me conquistar, viu Sogra?!), o fato é que depois que ele percebeu que eu cozinhava, foi um tal de fazer jantares e mais jantares até oficializar o namoro, com um jantar para os quatro amigos responsáveis por nos apresentar e nos tornar namorados.

Bem, o que acontece é que sempre que eu falo que vou fazer strogonoff, os olhos de Namorado brilham e ele faz um barulho engraçado, como Fred Flintstone quando come o seu “brontoburguer”, eu me divirto e faço satisfeita um dos pratos preferidos de Namorado.

Faço de maneira particular, vocês vão encontrar muitas receitas diferentes, essa é a minha e foi a que fisgou Namorado!

P.S. Fotos a noite não dão certo.

Strogonoff

Usei
1kg de filé mignon cortado em cubinhos (eu sei que é em tiras, mas prefiro os cubinhos)
Manteiga
1 cálice de cachaça (eu sei que é conhaque, mas também prefiro cachaça)
1 xícara de chá de molho de tomate
½ xícara de chá de ketchup
2 colheres de sopa de mostarda
1 caixinha de creme de leite
sal e pimenta

Fiz assim
Dourei os cubinhos de carne na manteiga aos poucos, e sem mexer muito para não criar água, quando a carne já estava dourada eu retirei e temperei com sal e pimenta. Depois que fritei todos os cubinhos voltei-os à panela, coloquei a cachaça e flambei a carne. Depois juntei o molho, o ketchup e a mostarda, acertei o sal e deixei apurar um pouco. Desliguei o fogo e acrescentei o creme de leite. Servi em seguida com um arroz bem fresquinho e batata palha.

Um comentário:

Namorado disse...

Quando minha mãe ler esse post eu vou estar encrencado... =]