quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

La Salamandra - Correspondentes Internacionais

Mais uma cobertura gastronômica direto de Buenos Aires!

Nem preciso dizer o quanto estou adorando as "reportagens" dos meus correspondentes especiais.

Amei o relato que eles fizeram do La Salamandra, e do cotidiano dessa cidade encantadora.

Dessa vez eles me pegaram de jeito, sou alucinada por doce de leite!


La Salamandra


"Acho fascinante a forma como os portenhos utilizam os cafés da cidade. Eles sentam sozinhos ou acompanhados, com o seu cachorro ou um jornal e deixam o tempo passar sem pressa. Eles vão do "cortado con medialunas" até o menu do dia, passando pelos quiches e "postres". Confesso que sinto inveja desse estilo de vida!


Querendo aproveitar o máximo dos cafés na minha estadia, resolvemos trocar o jantar por um lanche no La Salamandra. Como fica ao lado do nosso hotel, já havíamos passado na frente dele algumas vezes. O que havia me chamado a atenção é que eles são fabricantes de um doce de leite que já havia comprado em Salvador. Pensei comigo que se o doce era bom, imagina aquilo nas receitas.



Sentamos numa mesa na calçada e pensei como a cidade também era gosto
sa no verão. Já passava das 20h30min e o sol ainda não tinha ido embora totalmente. Para não perder o costume e lembrar que estávamos em Buenos Aires, pedimos uma Quilmes (15 pesos a long neck). Sacrilégio dizer isso, mas foi difícil beber uma garrafinha. Estava como se estivesse saído de uma sala com ar condicionado apenas. A cerveja estava quente e espumou tanto que tivemos que refugar após a primeira caneca.



Resolvemos não arriscar mais e partir para os clássicos da casa. Pedimos tostados de queijo e presunto (19 pesos) e, para beber, fomos de capuccino (18 pesos) e banana split com doce de leite batida (22 pesos). Quando chegou, vi que tudo era muito grande e que não podíamos perder o foco para dar conta daquela comida.





Realmente, o La Salamandra não nos decepcionou. As bebidas estavam deliciosas e o tostado com pão de miga nem se comenta. O doce de leite que veio acompanhando o capuccino estava fantástico e me fez entrar para comprar um potinho. Sim, lá vendem potes de doce de leite de todos os tamanhos, além de alfajores caseiros que estavam lindíssimos. Saí de lá com uma "salsa de dulce de leche" que serve para cobrir sorvetes, bolos e tudo o que se queira. Ele tem uma textura mais fina e vem numa embalagem prática de se usar.


Por essas e outras que não me canso de Buenos Aires!
"

La Salamandra - Calle El Salvador, 4671, Palermo.

Um comentário:

GraviMater - Psicologia da Gravidez e Maternidade disse...

Depois destes posts vou ser obrigada a voltar em BsAs! Tem muita coisa ainda pra ver... e comer!! rsrsrs