terça-feira, 19 de julho de 2011

É pavê ou pra comer?


Pergunta infame! E antiga como o doce.

Eu sou uma pessoa saudosista, por vezes penso que nasci na época errada.

Tenho uma máquina de costura e estou aprendendo a costurar, tenho um caderno de receitas escrito à mão e sonho acordada com o de minha mãe (que é mais velho do que eu), gosto de cuidar da minha casa, regar minhas plantas, fazer comida pra quem eu gosto (essa mania voltou com tudo!). Eu não sei se são minhas companhias, mas não há mais quem se interesse por isso... embora me deem a maior força.

Esse papo todo é pra dizer que adoro um pavê, dentre outras sobremesas antiiiigas!

Dia desses recebi meu pai para almoçar lá em casa e fiz esse pavê de abacaxi. Mandei um pouco para minha mãe que não pode ir, ontem descobri que minha mãe nunca ficou sabendo da marmitinha e que meu pai vinha comendo escondido!

Nem tem receita, as camadas são: biscoito champagne molhado (aqui usei calda de abacaxi e um pouco de absolut), mingau de leite condensado (1 lata de leite condensado, a mesma medida de leite e uma gema), abacaxi em calda picadinho (joguei mais um pouco de absolut, glup) e por cima chantily.

4 comentários:

Ana e São disse...

Dito assim parece mesmo facil, vou ter de comprovar!

marianamiranda disse...

Pra comer!!

Ana Karenina disse...

Arrasada com essa historia de que eu não me interesso por essas coisas...

argas disse...

Ficou lindo!